“Você não pode ensinar nada a um homem;
Você pode apenas ajudá-lo a encontrar a resposta.” Galileu Galilei
Busca

FRAMEWORKS® FOR CHANGE  - HISTORY  


"Frameworks® for Change”
is a version of the "Transformation Game®” that was designed to assist managers, teams and executives in working together with greater clarity, accountability and effectiveness. The Transformation Game, developed in 1978 by Joy Drake and Kathy Tyler at the Findhorn Foundation in Scotland, is a proven method for helping people make beneficial, timely and positive changes in their lives.

'We recognized from the outset that if the "Transformation Game®”  was to be delivered in business settings we had to come up with new ways to present and verbalize the process. If participants got something they could understand and work with we knew it would shift many things for them. Better, more self-aware managers make better more self-aware parents, and life becomes more meaningful and exciting when people are committed to something that matters to them and reflects their personal values.

We knew that we needed to build a language bridge so that the Frameworks for Change setting would be comfortable for business participants, while at the same time achieving focused and timely transformational results.

The development of a simulation that would support changing leadership styles in teams and organizations began in the fall of 1989. This work had three key components; invention, translation and coaching. We began testing Frameworks for Change during 1990. Research was done with a variety of teams in commercial and academic settings. At the same time we started to design train-the-trainer programs and technical support materials. Over the next several years we became more fluent in the second language™ and discovered where Frameworks could best be used to unmask symptoms, cultivate holistic solutions and build on organizational strengths.

The design of the Frameworks for Change process was a creative, stretching, and extensive project. From the beginning we were heartened and delighted by the receptivity of individuals and organizations to Frameworks™ is a unique combination of linear and non-linear approaches. We appreciated the willingness of participants to look directly at what was happening, and their determination to do whatever was needed to break down barriers and work successfully together. We encountered enthusiasm, encouragement and interest both in the United States and Europe. Participants gave us a lot of positive feedback and also assisted with the writing of the card decks.

The first Frameworks for Change train-the-trainer program took place in September 1993. Building on its success we made a contract with a large consultancy firm in Holland, and over the next five years licensed a number of their consultants to use the Frameworks for Change method in the Benelux countries. We continued to improve and refine the Frameworks structure and in 1998 we completed the design by adding a Global Level to the existing Individual, Team and Organizational Playing Levels.'

Now as a sophisticated, reliable instrument for team diagnosis and intervention, Frameworks for Change faithfully replicates the design of any organizational system, exposing its strengths and weaknesses with focus, accuracy and impartiality on each of the Playing Levels. The simulation provides an exciting interactive forum through which participants can experience new ways of teaming, communication and leadership, generate solutions for implementing constructive change, and explore new pathways to maintain a forward moving momentum and culture.”

By Kathy Tyler and Joy Drake – May, 2003 

 

Quem Somos



 

.... Somos uma rede de 4 consultoras do FRAMEWORKS® FOR CHANGE  (FFC)  credendeciados pela InnerLinks-USA.

 

E já somos uma rede de 42 consultores do FRAMEWORKS® COACHING PROCESS  (FCP) credenciados pela InnerLinks-USA e Taygeta no Brasil.

 
HISTÓRIA DO FRAMEWORKS® FOR CHANGE 

Por Kathy Tyler e Joy Drake – Autoras do Jogo - Maio/ 2003


"Frameworks® for Change” é uma versão do Jogo da Transformação® que foi projetada para auxiliar gerentes, equipes e executivos a trabalharem juntos com bastante transparência, responsabilidade e eficiência. O Jogo da Transformação®, desenvolvido em 1978 por Joy Drake e Kathy Tyler na Fundação Findhorn, na Escócia, é um método comprovado para ajudar as pessoas a realizem transformações benéficas, convenientes e positivas em suas vidas.

'Nós percebemos desde o início que, se o Jogo da Transformação® fosse oferecido ao contexto empresarial, nós teríamos encontrado novas maneiras de apresentar e abordar o processo. Se os participantes pudessem receber algo que eles compreendessem e trabalhassem com o que nós sabíamos, muita coisa mudaria para eles. Melhor, gerentes mais atentos se tornam pais mais atentos, e a vida se torna mais significativa e excitante quando as pessoas são entregues a algo que lhes importa e que reflete seus valores pessoais. Nós sabemos que precisaríamos construir uma ponte lingüística, assim o contexto do ‘Frameworks® For Change’ se adequaria confortavelmente aos participantes empresariais ao mesmo tempo em que obteríamos resultados transformadores mais focados e convenientes.

O desenvolvimento de uma simulação que comportasse diferentes estilos de lideranças começou em meados de 1989. Esse trabalho teve três componentes-chaves: invenção, transposição e treinamento. Nós começamos a testar o ‘Frameworks® For Change’ ao longo de 1990. Foram realizadas pesquisas com uma grande variedade de equipes, tanto no contexto empresarial quanto no contexto acadêmico. Em paralelo às pesquisas, nós começamos a elaborar o programa de treinamento para o instrutor e o material de suporte. Dessa forma, nos sete anos seguintes nos tornamos mais fluentes e descobrimos onde o ‘Frameworks®’ poderia ser mais bem empregado para desmascarar sintomas, cultivar soluções holísticas e desenvolver pontos fortes dentro das empresas.

O processo de desenvolvimento do ‘Frameworks® For Change’ foi longo, amplo e criativo. Desde o início estávamos encorajadas e satisfeitas com a receptividade individual e das empresas ao ‘Frameworks®’ como uma combinação única de abordagem linear e não-linear. Nós admirávamos a disposição dos participantes em olhar diretamente o que estava acontecendo e a determinação deles em fazer o que fosse necessário para quebrar barreiras em favor de um trabalho em equipe eficaz. Nós encontramos entusiasmo, encorajamento e interesse tanto nos Estados Unidos quanto na Europa. Vários participantes nos deram retornos positivos e também nos ajudaram na redação dos baralhos de cartas.

O primeiro programa de treinamento para instrutores do ‘Frameworks® For Change’ aconteceu em setembro de 1993. Com base em seu sucesso nós firmamos um acordo com uma grande empresa de consultoria na Holanda e, nos cinco anos seguintes, autorizamos um grande número de seus consultores a utilizar o método ‘Frameworks® For Change’ na própria Holanda, na Bélgica e em Luxemburgo. Após isso, nós continuamos a aperfeiçoar e a refinar a estrutura do Frameworks®’ e, em 1998, nós completamos o projeto acrescentando um nível Global aos níveis Individual, Equipe e Organizacional já existentes.

Agora, como um sofisticado e confiável instrumento para o diagnóstico e a intervenção em equipes, o ‘Frameworks® For Change’ reproduz fielmente a estrutura de qualquer sistema organizacional, expondo seus pontos fortes e fracos de uma maneira focada, precisa e imparcial em cada um dos níveis do jogo.
A simulação proporciona um fórum interativo e estimulante, onde os participantes podem vivenciar novas maneiras de trabalho em equipe, de comunicação e de liderança, gerando soluções para implementar mudanças construtivas e explorando novos caminhos para a transformação e o desenvolvimento”

Escrito por Kathy Tyler e Joy Drake – Autoras do Jogo - Maio/ 2003


Em 1998, Olga, Marilza e Lúcia, participaram na HOLANDA do 5º TREINAMENTO DO FRAMEWORKS® FOR CHANGE PROGRAM ,  organizado pela InnerLinks e Visions. Um grupo de 14 consultores internacionais, que durante 2 semanas fomos capacitados para trabalhar com a versão organizacional do jogo, que utiliza um tabuleiro de mesa (versão Board) ou um tabuleiro montado no chão (Versão Tile). Esta formação nos habilitou a aplicar o que denominamos FRAMEWORKS® FOR CHANGE PROGRAM ou simplesmente FFC em ambientes organizacionais.

Em 2002, a Taygeta Editora & Consultoria realizou o 1o TREINAMENTO DO FRAMEWORKS® FOR CHANGE PROGRAM NO BRASIL para consultores onde as consultoras, Eliana e Márcia se credenciaram  pela autora Kathy Tyler aqui em São Paulo.

Um requisito para manter  a certificação do FFC  é  a aplicação de  no mínimo 2 jogo por ano,, hoje somente 4 consultoras se mantêm credenciadas pela InnerLinks para trabalhar com o FFC como ferramenta no Brasil, tanto na versão Board como na versão Tile.

Em 2003, a convite da Kathy e Joy, eu (Olga) estive em Asheville, Carolina do Norte nos US, para participar da finalização da criação da versão Coaching do FRAMEWORKS ®, junto com Mary Inglis, que veio da Escócia. Durante uma semana - Kathy, Joy, Mary e eu - nos auto aplicamos a versão Coaching antes que InnerLinks realizar o 1º Treinamento do FCP para consultores, lançando esta versão, que foi denominada FRAMEWORKS ® COACHING PROCESS ou pela sigla FCP.

O FCP – Coaching Process é uma ferramenta de diagnóstico desenvolvida para atuar em assuntos individuais, de equipes e da organização. O FCP oferece um mapa de como lidar com m
udanças construtiva e criativamente.